O Tarot pode mentir para você?

8 

A abertura do Tarot, envolve uma energização das cartas. Mesmo a distância, através da concentração é possível captar a energia de quem está consultando usando seu nome, seu nascimento, e sua entrega a leitura. 

O Tarot não tem função de adivinhação, pois cada carta tem diversos significados, e é justamente através da analise que se dá a leitura. Por isso, o geral pode soar vago, e a analise ser mais especifica. E assim, tiramos o máximo de proveito do seu tempo, sem desperdícios.

A entrega do consulente:O Tarot, é feito baseado em interpretações das cartas, baseada em sua vida em especial. Cada carta possui diversos significados, e conforme sua colocação na mesa, geram novas análises. Por isso, apenas como um simples exemplo, a mesma carta que sai para alguém que é casado, não tem o mesmo significado para alguém que está solteiro.Sem algumas informações básicas de quem está consultando, não é possível captar as informações e a leitura não flui.  Para obter um bom resultado, é importante ser verdadeiro e estar concentrado no que deseja esclarecer. A sinceridade é o segredo.

Sobre prever datas especificas:Sobre datas em especifico, algumas vezes não é possível dar respostas muito concretas, pois nossa vida varia conforme escolhas. Por isso é dado estimativas de prazos no Tarot, para orientar o tempo previsto.Essas datas podem sim mudar, conforme nossas decisões, caminhos e escolhas que traçamos. Costumo dizer que certas coisas estão moldadas em nossas vidas. Precisamos lidar e aceitar elas. E todas as outras, nós moldamos, criamos, e geramos em nossos caminhos. Sendo assim, também precisamos lidar com elas, aceitar, mudar, transformar e criar.Nem tudo é definitivo, por isso se molda.O tempo, é considerado uma ilusão da qual criamos para nos organizar em sociedade. Por isso, o tempo varia muito para cada pessoa. No Tarot, usamos a estimativa das datas, para nos organizar, para sabermos o que atrair, o que afastar e como nos pocisionar diante disso tudo.  

Como assim não é uma bola de cristal?

Para a frustração de muitos, a leitura de Tarot não é uma bola de cristal, onde te dará um futuro escrito em linhas retas e concretas como um livro. Nós não somos um livro, somos muito mais do que isso, por isso estamos em constante transformação. Uma boa história, tem inicio, meio e fim pré determinados por alguém. Uma vida, tem inicio, meio e fim determinados por nossas escolhas. Algumas pessoas ou crenças nos fizeram acreditar ao longo dos tempos, que ao consutar as cartas, teriamos as respostas exatas do que fazer e do que não fazer em nossas vidas. Isso tudo, serviria para aliviar nossas responsabilidades de assumir erros e acertos, nos apoiando em desculpas de que estava escrito e que assim era para ser.

Muitos acontecimentos cruzam nossos caminhos com propósitos, outros são apenas consequências de nossas escolhas.

Acontece ou não acontece?
Os acontecimentos podem ser evitados, atraídos, solucionados, afastados.E esta é a função do Tarot, orientar e trazer esse equilíbrio na sua vida física e espiritual.Muitas previsões podem ocorrer e outras podem nem chegar a ocorrer.  E esta é a principal função, te fazer entender que algumas coisas estarão em teu destino, e não poderão ser mudadas, mas que outras estão abertas a mudarem de rumo a qualquer momento. 

O que é preciso extrair de uma analise:

- as possibilidades disso ocorrer, as chances
-se é ideal ocorrer na sua vida, se será bom ou não
- os propósitos disso ocorrer e o que vai te trazer, quais experiências
- se deve insistir ou esquivar em algo
- o que se perde e o que se ganha disso tudo
- se esta destinado a você, ou é algo passageiro
- o que você quer fazer com essas informações que te foram dadas 

Nem sempre as coisas saem como queremos, e nem sempre conquistamos o que desejamos. E a culpa, claro nunca é nossa, é sempre de alguém. Por isso, é mais fácil amaldiçoar ou julgar aqueles que tentaram nos ajudar, ou opinar, e até mesmo ao Tarot, do que nos responsabilizarmos por nossas próprias escolhas, pelo caminho que nós criamos. E ai, se o resultado não for aquele que queriamos, CULPA DO MUNDO.

Para refletir e pensar em como devemos assumir e aceitar que nossa vida esta em constante mudança, e que nós somos os únicos responsáveis por isso.Existem influencias externas sim, de energias, de outras pessoas, mas como nós vamos lidar com isso, é o que nos define. Existem alguns lugares de má fé que podem inventar coisas ao vento, dizer aquilo que você quer ouvir, e te revoltar por nada acontecer. Eu não vou te dizer o que você quer ouvir. Prefiro jogar a verdade que as cartas me mostram, evitando a sua dor no futuro e tentando te trazer de volta seus propósitos. Saiba compreender aquilo que seu coração aceita, esteja aberto ao novo, e confie em quem te traz serenidade. É preciso sentir, para saber o que te faz bem e o que não faz.Cada um trabalha com um método, encontre um que te satisfaça. E lembre-se que nem tudo acontece instantaneamente ou como você quer, mas sim como você PRECISA. 

DESFECHO:

O hoje só existe, por que o seu ontem cuidou de tudo isso. E o amanhã, está em projeto. Olhar o seu futuro através das cartas é pegar um reflexo do seu passado, estudar o seu presente e traçar uma analise das possibilidades do seu futuro. É você usar dessas informações para fazer boas escolhas, cuidar dos seus projetos, para que sejam de qualidade e te tragam satisfação, assumindo a responsabilidade de quem você é e do que deseja se tornar. Se permitindo também ver mais o que você precisa do que o que quer para o momento atual.

 

Te convido a conhecer o meu trabalho,

Taróloga Andrea